Nota de Repúdio

Data: 25/03/2020
Fonte: IAB Nacional

O pronunciamento oficial do Presidente da República Jair Bolsonaro, na noite do último dia 24 de março, demonstra mais uma vez, e agora de forma cabal, sua incompatibilidade com o cargo para o qual foi investido, assim como sua inabilidade para estar à frente da Nação ante uma situação tão grave e decisiva para a vida da população brasileira e mundial.

Diante do grave momento que aflige o país e o mundo, o Chefe da Nação atua, mais uma vez, no sentido de atacar as instituições democráticas, deslegitimando os esforços de governadores de orientações políticas distintas, da imprensa e dos mais amplos setores da sociedade brasileira que lutam para conter o avanço do surto de COVID-19.

O pronunciamento do Presidente Jair Bolsonaro demonstra ainda o seu desprezo pelo conhecimento técnico e científico e minimiza as importantes ações que vêm sendo adotadas pelo Ministério da Saúde de seu próprio Governo, endossadas por recomendações da comunidade científica nacional e internacional e em especial pela Organização Mundial de Saúde e coerentes com as experiências dos países nos quais a pandemia teve início há mais tempo.

O Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), a Federação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas (FNA) e a Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas (ABAP) reforçam seu compromisso com a sociedade e com os arquitetos e urbanistas brasileiros, instando-os a colaborar com a contenção do surto de Covid-19.

Devemos empenhar esforços para suspender, temporariamente, as atividades não atinentes a serviços essenciais, permanecendo em casa e atuando, tanto quanto possível, em regime de teletrabalho.

Todos devemos contribuir para que a população de nosso país reúna as condições para enfrentar esse momento tão duro para a vida de cada um de nós e para toda a humanidade.